Em Jesus nós saimos, estamos fora de Babel


Quarta, 21 de Junho de 2017
Dia do ano: 172
Devocional número 035

Sai de lá, povo meu! Salve cada um a própria vida, ante a cólera ardente do Senhor! Jeremias 51:45

Em Gênesis capítulo 11 nós temos na bíblia a história da construção da torre de Babel, a torre de confusão. Foi ali que Deus mesmo, vendo que a maldade do homem não tinha limites, decidiu frear a humanidade confundindo as línguas. Deus frustrou o intento dos homens de construir aquela torre não permitindo que eles tivessem unidade naquele intento. O Senhor percebeu que se eles continuassem cem por cento unidos naquele propósito maligno ninguém mais poderia pará-los, então era melhor separar cada um para o seu canto, cada um falando a sua própria língua. Naqueles dias toda a terra falava um mesmo idioma e eles viviam uma grande unidade global.

Nós vemos claramente pelo texto citado que para Deus não basta apenas os homens estarem unidos, pois ali eles estavam unidos porém unidos para um propósito maligno. Mas será que parecia realmente maligno o propósito da sua união naqueles dias? Na verdade que não parecia algo ruim, todos sonham em ver os homens unidos, parece algo bonito todos trabalhando juntos, mas o significado daquela torre era uma religião mundial, aquela construção humana se colocava como caminho para o céu, como algo que levaria os homens a Deus, mas na verdade ela tinha uma agenda oculta por detrás dos panos. A torre de Babel era portanto uma torre de confusão religiosa que a pretexto de unidade global estava na verdade disseminando uma falsa adoração em nome da paz entre todos. O discurso era bonito, mas era vazio.

Deus portanto não quer apenas união por união, unidade por unidade, mas a unidade que Deus quer e a união que ele deseja é a união nossa com o Senhor Jesus Cristo. A união pela verdade do amor de Deus da palavra de Deus é a que Deus deseja. Hoje em dia nós ainda temos ativos os construtores da torre de Babel. De um lado temos a tal torre, uma religião construída pelas mãos humanas. Já do outro lado temos Cristo, rejeitado e desprezado, o Filho de Deus. Eu sinceramente espero que cada um de vocês vença a torre de Babel, e esteja longe da confusão das religiões, e se achegue aquele que não nos pediu sacrifício, mas Ele mesmo se sacrificou. Nos acheguemos aquele que não nos pediu nada, mas veio e nos deu a vida primeiro de tudo! Em Babel cada um fala a sua própria língua atualmente, cada um pelo seu caminho, cada um pela sua verdade, Babel também está dentro de várias igrejas, várias e várias igrejas hoje são torres de Babel! Babel está dentro de cada coração!

É por isso que o Senhor Jesus nos chama para o Reinado do Seu Amor! Sair fora de Babilônia e encontrar abrigo no reino de Jesus Cristo!

Este é o meu desejo, que consigam separar Jesus Cristo de todas as outras falas e línguas! As vezes precisamos sair fora, nos afastar de Babel para encontrar ao Senhor!

Que todas as línguas glorifiquem ao Senhor!

Saiamos, pois, a ELE fora do arraial, suportando as desonras que ELE suportou. Hebreus 13:13

Altar de Arrependimento.
Share on Google Plus

Sobre Altar de Arrependimento

Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, preparar um povo para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.