A Porta da Fé


Sábado, 17 de Junho de 2017
Dia do ano: 168
Devocional número 031

O Senhor chamou a Pedro e lhe disse "venha após mim, e eu te farei um pescador de homens". O interessante é que nada do que Jesus mandou nós fazermos ele deixou de demonstrar em exemplo em sua própria vida. Ele é o exemplo perfeito que nós temos de foco singular em Deus o Pai. Pedro era um pescador de peixes, e pelo evangelho nós sabemos que Pedro era um excelente nadador. Ao fim do evangelho de João nós vemos Pedro nadando "que nem um peixe" para ir ao encontro do Senhor. Mas existe esta passagem específica do evangelho que vemos Jesus andando sobre o mar, e ali os discípulos no barco, eles haviam ido na frente do Senhor e o Senhor os alcançaria depois. E Jesus até usava o barco de Pedro, mas ele não dependia do barco de Pedro, e naquele momento o Senhor deixou o barco para os discípulos e ele mesmo foi sozinho, andando poderosamente sobre as águas, em marcha triunfante! Os discípulos assustados viram o Senhor mas pensaram se tratar de um fantasma! Mas Jesus Cristo, que tem todo poder e toda autoridade disse a eles "não temais, sou eu"! Então Pedro, talvez um dos mais atirados entre os discípulos disse "se é o Senhor então me ordene que vá ai ter contigo por sobre as águas"! Eu me maravilho disto, como Pedro foi ousado! Que coragem, que fé! Que iniciativa! Enquanto todos estavam ali dentro do barco, com medo de ser um fantasma, Pedro ao ouvir as palavras de Jesus se tornou ousado e pediu "me manda ir ai até o Senhor por sobre as águas"! Jesus mandou "vem"! Pedro foi! Mas a oposição veio na sequência, um vento soprava ali do lado, as águas se agitaram, e Pedro tirando os olhos de Jesus e fitando naquela tempestade começou a afundar! Pedro sabia nadar! E muito bem! Mas a incredulidade o assaltou, e a sua caminhada sobre as águas parecia agora somente um pouco de "fogo de palha"! Como fogos de artifício, eles sobem, estouram fazem aquele barulho, soltam aquelas luzes, e depois apagam e morrem, ninguém mais nem ouve falar! Pedro começou com tudo, andando sobre as águas, se lançando diante da palavra do Senhor, mas bastou uma pequena dificuldade, ao longe, e ele tirou os olhos de Jesus e colocou na tempestade, e começou a afundar como se tivesse uma pedra de moinho atada aos seus pés! Ah sim, Pedro era um excelente nadador, talvez fosse até o melhor entre os discípulos, mas naquela hora ele só afundava, afundava, e afundava! Restou-lhe uma única opção, clamar a Deus, clamar a Jesus Cristo "Senhor... SALVA-ME!" Aleluia! O Senhor então estendeu o seu braço, o Senhor desnudou o seu santo braço, ele estendeu a sua mão poderosa para salvar e agarrou a Pedro bem forte, e com sua própria força, com a força do seu próprio braço, Cristo ergueu a Pedro das águas segurando ele bem firme! Eu penso que algo como "eu achei a minha ovelha perdida" aconteceu naquele momento! O Pastor agarrou a ovelha perdida bem forte "vem cá Pedro, te achei, tu és meu"! Mas por que Pedro ficou paralisado? Por que ele, que sabia nadar, não conseguiu nadar naquela hora? Estas são questões a se fazer, mas pense o quanto você e eu poderíamos classificar a caminhada de Pedro naquele momento como um fracasso total! Veja para o que Deus chamou Pedro, e o que Pedro estava sendo naquela hora! Pedro estava muito longe, talvez o oposto do que Jesus o havia chamado para ser! O Pedro, que deveria ser firme como uma Rocha, estava agora afundando como uma Pedra na sua incredulidade! Seu foco saiu de Jesus! O Senhor o tomou pela mão e o disse com grande amor "porque duvidaste? homem de pouca fé!" E o Senhor havia chamado Pedro, Pedro havia sido chamado pelo Senhor, justamente para ser um pescador de homens! Que belo pescador hein! Um desastre! Imagine um homem ir pescar um peixe e se afogar no mar! Mas exatamente agora vemos a esperança da nossa vida! Quando Jesus chamou a Pedro ele não conseguia pescar nada, nem que ficasse a noite toda acordado, era um pescador fracassado! E agora, o pescador estava se afogando no mar, e JESUS teve de ir lá pescar o pescador! Que maravilhoso e profundo ensinamento e meditação! Ninguém pode pescar homens se não for primeiramente resgatado das águas turbulentas do mar desta vida e literalmente for pescado por Jesus Cristo primeiro! Pescador de homens, deixa Jesus te pescar primeiro! O Senhor repetiu a lição para Pedro, na hora da ceia, ensinou a ele que primeiro era o Senhor quem tinha que lavar os seus pés, depois ele poderia lavar os pés dos demais! E no final do evangelho de João, Pedro que havia negado ao Senhor três vezes, veio nadando como um peixe ao encontro de Jesus para se reconciliar com o Senhor! E ali naquele momento, ele que queria morrer pelo Senhor, entendeu que era o Senhor quem tinha que morrer por ele primeiro! No jardim, quando foram prender a Jesus, ele queria defender a Jesus, mas depois ele compreendeu, que era Jesus quem tinha que defender ele primeiro! Jesus é o Primogênito de toda a criação, ele deve ser o primeiro em todas as coisas, pois é digno desta honra! Após tudo ter se passado, vemos em Atos dos Apóstolos, o mesmo Pedro (mas já não era mais o mesmo!), ele estava indo ao templo fazer oração com João, e era a hora nona, e ali se encontrava um homem, coxo desde o ventre da sua mãe, pedindo esmola e dinheiro. Mas Pedro não tinha dinheiro, ele tinha amor, ele tinha compaixão, ele tinha riquezas verdadeiras, no céu, eternas, Pedro, ele tinha Jesus Cristo vivo em seu coração!!! Alleuia! Pedro olhou bem para aquele homem, e agora, que tal começar hein? Começar a pescar os homens! Pedro disse "eu não tenho prata e nem ouro, mas o que tenho eu te dou, levanta e anda em nome de Jesus Cristo!" E agora, neste momento, Pedro estendeu as suas mãos, e puxou o homem que se firmou sobre seus joelhos, e entraram no templo, saltando e louvando a Deus! Jesus estendeu a sua mão e pescou a Pedro, e agora Pedro, como um imitador de Deus, como um filho amado, estendeu a sua mão e em nome de Jesus, pescou aquele homem coxo! Isto tudo é muito bonito, mas hoje eu pararei por aqui, mas a história do evangelho, a canção do evangelho, não parará até que chegue o seu fim! Esta história continua, Pedro aprendeu nas suas falhas, superou as suas falhas, venceu pela graça e favor de Jesus Cristo! Pedro se tornou aquilo para o que Jesus o chamou, de um pescador falido de peixes num verdadeiro pescador de homens! Mas primeiro, ele mesmo teve que ser pescado por Jesus e trazido de volta para o barco do evangelho! O barco da salvação! O barco da eternidade! O barco eterno onde Jesus Cristo está e cujas ondas deste mar bravio e revolto que é este mundo não podem afundar!

Deixa Jesus Cristo te pescar e te fazer passar para dentro da porta da fé!

Ele é Aquele que disse ao mar "aquieta-te" e ao vento "acalma-te"! Ele é o Pescador dos pescadores, o Médico dos médicos, e o Rei dos reis!

Deixa Jesus te pescar!

Altar de Arrependimento.
Share on Google Plus

Sobre Altar de Arrependimento

Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, preparar um povo para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.