É pelo muito orar que seremos salvos?


Quando falamos sobre buscar a Deus muitas e muitas pessoas pensam que isso significa ficar horas e horas trancado num quarto fazendo tremendas e prolongadas orações. Mas não é isso. Eu sei que Deus dá para alguns a graça de fazer orações prolongadas e passar longos períodos em profunda comunhão e adoração com o Senhor, mas mesmo neste quesito sempre obedecer é muito melhor do que sacrificar. Quando a bíblia fala sobre buscar a face de Deus ela não está dizendo apenas a respeito de quantidade mas muito mais a respeito de qualidade. Mais vale um momento realmente na presença de Deus do que mil em qualquer outro lugar. Se orar muito tivesse o poder de nos salvar (e não estou dizendo que não devemos perseverar em oração), mas se o orar muito tivesse o poder de nos salvar então Cristo teria morrido em vão. Na realidade Deus busca a oração que nasceu da fé no sacrifício de Cristo, e não apenas a oração pela oração, como se a oração fosse moeda de troca para pagar pela nossa salvação.

Na cruz um ladrão que talvez nunca tinha feito uma oração em toda a sua vida faz uma oração de uma frase e é salvo por Jesus. Ele não orou um monte de tempo, ele não falou uma multidão de palavras, ele apenas teve fé em seu coração e pediu sinceramente ao Senhor pela sua salvação. A resposta do Mestre foi tremenda "hoje mesmo estarás comigo no Paraíso". Jesus respondeu-lhe SIM. A mesma coisa nós podemos ver em Pedro, quando ele afundava nas águas, ele clamou ao Senhor apenas dizendo isso "salva-me", e o Senhor estendeu a Mão e salvou a Pedro. Oh, certamente o braço do Senhor não está encolhido para que não possa salvar! Que dizer então de um leproso que após escutar o Senhor Jesus Cristo pregando o maravilhoso sermão da montanha se aproximou do Senhor - e o adorou - e disse: Se tu quiseres podes me tornar limpo! A resposta do Mestre mais uma vez foi "sim, eu quero, sê limpo".

Estas pessoas não procuraram fazer prolongadas orações como quem estava tentando ganhar créditos com Deus por causa dos seus longos e constantes períodos de consagração. Elas não estavam tentando se fazer a si mesmas dignas de receber aquilo que sabiam que não mereciam. Tais pessoas simplesmente acreditaram em Deus de todo o seu coração, e se achegaram a Cristo pedindo, e foram atendidas naquilo que anseavam, a salvação das suas almas. Muitas pessoas hoje em dia pensam que se Jesus está voltando então devemos intensificar as nossas orações. Eu concordo, mas desde que estejamos confiando em Jesus e não no tempo que passamos em oração. Eu sei que é sútil, mas oro que o Espírito Santo dê entendimento. Não é pela multidão de palavras que você será ouvido, foi isso que declarou Jesus! 

Na bíblia Ele nos deixou uma importante lição sobre a fé, que a nossa fé poderia ser pequena como um grão de mostarda, mas se ela fosse depositada em Deus daria um excelente fruto. Veja, que não é o tamanho da tua fé, mas naquilo que você a coloca. Uma fé como um grão de mostarda, pequena que seja, mas depositada em Deus é o que o Senhor espera. Não é apenas uma fé na fé, um crer pelo crer, mas sim um crer em Deus, confiar em Deus, entregar-se a Deus. Deus vem primeiro e é o centro de todas as coisas. Há muitos que podem se gloriar de orar muito, jejuar muito, tal como o fariseu da parábola de Lucas 18. Tais confiam muito mais nos seus prodígios e virtudes religiosas do que no próprio Cristo.

Por que você acha que vai entrar no Reino dos céus? Por que você ora muito e dá o dízimo de cada folha de hortelã do seu quintal, ou por causa do sacrifício de Jesus Cristo naquela cruz?

Quando Cristo finalmente voltar você irá perceber que não terá valor algum quanto tempo você passou em oração, quanto tempo passou em jejum, em adoração, quantos louvores cantou, quantas horas leu a bíblia, quanto dinheiro deu para a igreja, quanto evangelizou, quantas pessoas batizou, quantas igrejas abriu, quantos sermões pregou, quantas pregações assistiu. Naquele momento só valerá uma coisa, O SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS.

Eu sei que nem todos podem compreender isso, é necessário meditar profundamente neste assunto, mas você mesmo pode por si mesmo pedir a DEUS SABEDORIA, e o SENHOR lhe dará, Ele não negará. 

Peça porém sem duvidar, e aprenda a descansar em Deus e crer em Cristo que na cruz bradou: ESTÁ CONSUMADO!

Fé em Cristo povo de Deus! Fé em Cristo!

(...)
Share on Google Plus

Sobre Altar de Arrependimento

Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, preparar um povo para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.