Vale mais AMAR do que "pregar"


O Senhor disse que ninguém tem amor maior do que o de dar a própria vida pelos seus amigos. Ele estava se referindo a si mesmo, e ao que Ele faria na cruz, se entregando pelos nossos pecados afim de nos remir das nossas culpas e nos apresentar a Deus irrepreensíveis. Em Isaías 58 o Senhor ensina que o verdadeiro jejum que agrada a Deus é a misericórdia. A bíblia inteira é cheia de profecias em que Deus fala claramente que o desejo do seu coração é a misericórdia e não o juízo. No momento em que o ser-humano abre o seu coração para exercer a misericórdia para com o seu próximo então ele está na verdade abrindo as portas para que a misericórdia de Deus possa fluir também em sua própria vida. Os cristãos precisam parar de condenar as pessoas e pregar que Jesus Cristo transforma.

Alguns cristãos vivem uma vida realmente muito triste na face desta terra. Há certos tipos de cristãos que somente se aproximam das pessoas com o interesse de pregar a palavra. Não há nada errado em pregar a palavra, mas o Senhor disse que sem amor isso não vale para nada. Ah se entendêssemos a largura, altura e profundidade do Seu Amor! Na verdade os cristãos deveriam se relacionar com as pessoas e se eles se preocupassem mais em amá-las do que em pregar para elas então pode ter uma certeza que o amor de Deus que fluiria na vida deles os capacitaria para levarem a Cristo a este mundo que tanto precisa do Seu Amor. Mas algumas vezes certos tipos de cristãos estão mais preocupados com os "pecados" das pessoas do que em amar as pessoas. Este tipo de cristão não consegue ter paz em seu coração, ele sempre vive pensando "eu tenho que pregar para esta pessoa ou não serei um bom cristão", quando na verdade em alguns momentos a melhor pregação seria amar incondicionalmente como Cristo fez.

Com a insistência na pregação você pode até conseguir convencer alguém a mudar para a sua religião, mas o amor de Deus é mais profundo, Ele pode mudar o coração das pessoas e torná-las sensíveis e abertas para Deus. Eu não estou dizendo que pregar é errado, mas o amor vem primeiro. Chega o dia em que não será mais necessário pregar, e na verdade já chegou, pois todos agora serão ensinados diretamente pelo próprio Deus, mas o que eu quero dizer na verdade é que a pregação deveria ser um transbordar do amor de Deus em nossas vidas e não apenas mais um dever a ser cumprido em uma lista de afazeres religiosos. É melhor amar e ter compaixão pelo teu próximo no íntimo do que pregar mil sermões sem amor ou compaixão, desejando quase que a morte do pecador como se tu mesmo não fosses também pecador.

Talvez pela insistência você possa conseguir fazer uma pessoa mudar de religião, de igreja, de roupas, de hábitos, mas não conseguirá fazer esta pessoa amar com o amor de Cristo. Não conseguirá fazer esta pessoa amar com o amor que somente Cristo pode colocar em nossos corações. Eu conheço cristão que quando se aproximam de uma pessoa ficam mais preocupados com o "pecado" desta pessoa do que com a pessoa em si, e então eles começam a tentar empurrar a força a sua pregação para o povo, e quando o povo rejeita tais cristãos saem por ai maldizendo as pessoas e condenando elas ao inferno. Eles pensam que todos são incrédulos, mas se as pessoas escutam a sua forçada pregação eles então colocam a pessoa lá no alto e elogiam as mil maravilhas.

Quando você estiver com as pessoas da próxima vez tente apenas amar elas ao invés de ficar tentando converter elas a sua religião, você verá que o AMOR fará maravilhas e tornará as pessoas abertas ao Evangelho. Voltemos ao tempo em que os cristãos eram chamados de cristãos. Sim, exatamente isso! Não eram os cristãos que se chamavam a si mesmos de cristãos, mas eram os não-cristãos que chamavam eles de cristãos, pois percebiam a sua conduta de imitadores de Cristo. Na realidade, se você é sábio, mostre em mansidão, humildade e sabedoria as suas boas obras, e deixe que os que te assistem possam dizer se você é cristão ou não.

"Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria." Tiago 3:13

"Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo." Lucas 6:37,38

Agora nós todos deveríamos olhar para a Cruz e nos perguntar, o que é o verdadeiro amor? Certamente este mundo não sabe, mas nós pelo menos, deveríamos saber o que é o amor em verdade.

(...)
Share on Google Plus

Sobre Altar de Arrependimento

Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, preparar um povo para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.