Devemos julgar apenas a profecia mas nunca o profeta?



Entre alguns dos ensinos do Senhor Jesus mais mal compreendidos certamente estão as célebres frases "não julgueis para que não sejais julgados" e "atire a primeira pedra quem estiver sem pecado". Normalmente estes trechos de frases do Senhor são invocados seguidos de frases como "quem é você para julgar", ou "quem somos nós para julgar". Na verdade podemos dizer sem sombra de dúvidas que não somos ninguém para julgar, pois apenas Deus é o Juiz de todos, tanto dos vivos quanto dos mortos, mas o problema em evocar tais frases fora de seu contexto apropriado é que elas levam o cristão a uma posição de apatia com relação a mentira e ao engano dentro da igreja. O Senhor nunca nos ordenou sermos apáticos com relação ao engano em nosso meio. Na verdade todos devemos ser como guardas vigiando para que possamos sempre ajudar uns aos outros andar na verdade. É óbvio que a ira humana não opera a justiça de Deus, entretanto há diversos e diversos alertas do Senhor ensinando o seu povo a exercer sim o juízo, porém de maneira correta e verdadeira.


É impressionante o quanto ficamos ofendidos com as palavras de correção do Senhor quando estamos andando em erro. A bíblia nos deixa claro que é mandamento do Senhor para a igreja analisar as profecias para saber se elas são de Deus ou não. Está cheio de "pastores" por ai hoje em dia, e irmãozinhos(as) que se dizem cheios do Espírito Santo, e que na verdade estão doidos para mentir querendo ser profetas.

Posto isso vamos analisar algumas questões: Devemos julgar apenas a profecia mas nunca o profeta? Devemos julgar as profecias? Será que julgar as profecias é um sinal de falta de amor a Deus? De descrença? Falta de fé? Está em desobediência e rebelião contra Deus aquele que julga as profecias? Quem são os ungidos de Deus? É verdade que não podemos questionar um "pastor" e mesmo que ele esteja errado devemos obedecê-lo cegamente por ser ele uma "autoridade espiritual" constituída por Deus?

Vou deixar alguns versículos bíblicos e então voltamos para as perguntas pois questionar não é pecado, porém é bom lembrar que Deus dá graça aos humildes. Não é por questionarmos que devemos ser altivos, se exaltar, ensoberbecer, se engrandecer ou menosprezar as pessoas. Há questionamentos legítimos, feitos em espírito, e há outros ilegítimos, que são feitos por pessoas que não querem aprender, querem apenas polemizar, causar intrigas e se aparecer, serem donas da razão. Examine portanto o motivo dos seus questionamento pois Deus não terá o culpado por inocente!

"Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo." 1 João 4:1

"E falem dois ou três profetas, e os outros julguem." 1 Coríntios 14:29

"Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores." Mateus 7:15

"Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça." João 7:24

"Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele." Deuteronômio 18:22

Na verdade o Senhor nos proíbe de julgar qualquer coisa precipitadamente, há um provérbio na escritura que diz mais ou menos assim "quem começa uma disputa parece sempre ter a razão, até que venha um outro e examine a causa". Você vê as pessoas profetizando nas igrejas hoje em dia e a maioria do que escutamos são na verdade falsas profecias dadas pela invenção e artifício humano ou por ação demoníaca. Profecias que simplesmente não se cumprem são falsas profecias, não temos muito o que falar a este respeito. Não se cumpriu? Era falsa! Não tenha temor desta pessoa, ela não falou da parte de Deus, falou com soberba. O Senhor Jesus nos falou claramente para nos prevenirmos dos falsos profetas, eles não tem aparência de falsos, parecem verdadeiros, mas são lobos interiormente. Como seríamos capazes de nos prevenir deles se não formos capazes de identificá-los? Na verdade é o plano do Senhor que a igreja como um corpo possa ser capaz de examinar as profecias, palavras, situações, e então separar o que é vil daquilo que é precioso.

Literalmente qualquer pessoa pode se levantar hoje em dia e dizer "olha, Deus falou comigo", e então começar a profetizar. A bíblia diz claramente para nós não acreditarmos de primeira, não nos deixarmos ser levados pela emoção, mas analisarmos tal revelação passando ela pelo crivo da palavra de Deus. Nenhuma revelação que contrarie as palavras de Jesus Cristo na bíblia pode ser aceita como vinda da parte de Deus pelos verdadeiros cristãos. João nos alertou, não creiam em todo espírito, há muitos falsos profetas por ai. Não se apressem a crer em tudo, mas examinem com cuidado. O plano de Deus é que enquanto uma pessoa esteja profetizando as outras estejam ligadas e analisando aquilo que é falado, ou seja, julgando tal profecia para ver se ela é de Deus ou não. Há quem diga por causa disso que nós devemos julgar a profecia mas não o profeta, e isso não é verdade, pois se a profecia for julgada falsa nós podemos saber muito bem pela palavra que quem faz falsa profecia é falso profeta. Então nós podemos saber que pela profecia nós podemos julgar o profeta para saber se é verdadeiro ou não. São dois pontos que devemos ter em mente para não cairmos em falsa profecia:

1) Toda palavra que for falada "em nome de Deus" e não se cumprir não é palavra falada por Deus mas por alguém soberbo;

2) Toda palavra que for falada "em nome de Deus" e se cumprir, porém mediante o seu cumprimento isso for utilizado para incitar você a praticar algo contrário a bíblia, também não vem de Deus, é um sinal e prodígio do engano;

Algumas vezes você ouve uma profecia e já se apressa a crer e a espalhar e se torna assim um nocivo agente da disseminação do Engano.

"Laço é para o homem dizer precipitadamente: É santo; e, feitos os votos, então refletir." Provérbios 20:25

Se ao invés de sermos ensinados a crer cegamente fossemos ensinados a amadurecer em Cristo para sabermos como julgar tenho certeza que a igreja estaria sendo liberta das falsas profecias. Mas tais ensinos provém de homens manipuladores, que querem atrair os discípulos a si e não a Cristo. É por isso que é interessante para eles dizer ao povo que é pecado julgarem aquilo que eles profetizam "em nome de Deus". Na verdade eles estão ali para ensinar o povo a aprender a julgar segundo a reta justiça, que é a palavra de Deus, porem não é isso que eles fazem. Tais obreiros fraudulentos, agindo como dominadores e donos da igreja que Cristo comprou, não tem interessem em ensinar a palavra de Deus ao povo, para eles é interessante manter a igreja sempre infantil e imatura na fé, sempre dependente deles para todas as coisas, para que assim possam escravizá-los ao seu bel-prazer. Isso é uma coisa muito perversa que está acontecendo na igreja hoje em dia.

Para começo de conversa tais líderes se auto-proclamam os "ungidos do Senhor", e ao fazerem isso começam a se colocar acima de Jesus Cristo e querem se tornar inquestionáveis. Não devemos nos submeter a eles. Todos os que em verdade creram em Cristo foram ungidos pelo Senhor com o Espírito Santo. Todo o povo de Deus é ungido do Senhor. Nas igrejas hoje em dia eles exaltam muito a posição dos líderes, mas se esquecem demais do cuidado com os pequeninos e com os pobres. Como cristão devemos respeitar a todos sem realizar acepção de pessoas. Tanto grandes como pequenos, os que creem e os que não creem. Mas em lugares em que as falsas profecias estão reinando eles começam a proibir qualquer questionamento. Eles não encorajam as pessoas a examinar a bíblia. Acusam você de frio, rebelde ou insubmisso se você não crer naquilo que eles estão dizendo e que contraria a palavra de Deus. Eles dizem que você não ama a Deus, e que não crê nos mistério de Deus, que as coisas de Deus são "loucas", o homem não entende mesmo, mas eles dizem tudo isso apenas para tentar escapar do fato que eles estão profetizando mentiras com falsidade falsamente em nome de Deus, e estão usando o nome de Jesus em vão.

Ora, o pai de todas as mentiras é o diabo, e os seus filhos são mentirosos como ele. Já muitos filhos do diabo estão dentro da igreja, no púlpito, se passando por profetas. Quando a profecia falha, eles sempre tem uma desculpa, eles não conseguem se arrepender como seria o correto, são viciados em mentiras! Eles inventam uma outra falsa profecia para explicar o não cumprimento da primeira mentira. Tentam cobrir uma mentira com outra mentira. É necessário coragem para romper com estas coisas, as profecias que só falam das coisas da terra, profetas de dinheiro, eles não falam das celestiais, que colocam o foco do povo de Deus e o seu coração aqui neste mundo.

Eu concluo dizendo, devemos todos procurar amadurecer para sermos sábios para julgar com retidão, se um falar todos devem estar atentos, e se alguém começar a fazer falsas profecias, e não se arrepende, não reconhece que errou, não muda, então podemos saber muito bem, estamos diante de um falso profeta. Podemos e devemos sim julgar não somente as profecias, mas também os profetas, pois os falsos profetas já se tem multiplicado pela face da terra, e dentro da igreja é onde estão os mais nocivos da terra nestes dias.

"Para vos envergonhar o digo. Será que não há entre vós sequer um sábio, que possa julgar entre seus irmãos?" 1 Coríntios 6:5

"De fato, embora a esta altura já devessem ser mestres, vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios elementares da palavra de Deus. Estão precisando de leite, e não de alimento sólido! Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal." Hebreus 5:12-14

Para julgarmos bem precisamos de sabedoria do alto, ou seja, precisamos de maturidade. A igreja até hoje tem tomado apenas leite e por isso é eterna prisioneira de suas próprias visões e sonhos falsos, presa fácil para falsos profetas e enganadores com suas falsas profecias.

Vamos amadurecer, pois quem executa falsa profecia é falso profeta. Não podemos mentir mais, e dizer para a igreja "vamos julgar só a profecia, deixa o profeta de lado". Mas pela profecia é um dos elementos pelos quais podemos julgar se devemos escutar ou nos prevenir de alguém que diz estar profetizando "em nome de Deus".

Rumo a maturidade povo de Deus! Se nos humilharmos o Senhor nos exaltará, nos colocará acima do engano! Saiamos fora dos falsos profetas! E saiam do meio de nós os falsos profetas que não quiserem se arrepender de verdade!

Cuidado com o Profeta Achão!

(...)
Share on Google Plus

Sobre Altar de Arrependimento

Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, preparar um povo para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.