Teologia do poder terreno


A teologia do domínio também é conhecida como dominionismo, ou como teologia do poder terreno, do reconstrucionismo, ou outros nomes, é um assunto pouco discutido no Brasil, você encontrará poucos textos sobre o assunto e nada realmente muito profundo e infelizmente esta teologia está profundamente enraizada nas mentes e corações de algumas pessoas na igreja atual. Nós sempre ouvimos falar sobre a teologia da prosperidade, aquela que trouxe a adoração ao dinheiro para dentro da igreja, como se fosse possível servir a dois senhores, ou ainda em sua habilidade de distorcer a realidade das coisas, tal teologia prega como se pudéssemos agora adorar ao dinheiro "em nome de Jesus". Mas bem, vamos ao seguinte ponto, a teologia do domínio é na verdade parte da teologia da prosperidade, ou vice-versa, mas a questão é que tal ensinamento ensina basicamente que Cristo não poderá retornar a terra até que a "igreja" tenha dominado todas as instituições terrenas.

Eles basicamente estão pregando que antes de Cristo voltar a "igreja" deverá estar dominando o mundo em todas as áreas, seja política, econômica, militar, o que for, eles pregam que o mandamento de Cristo é para que a igreja saia e conquiste o mundo antes de que Ele volte.

Isso é algo bastante perverso de se pensar pois está desviando a igreja da sua verdadeira pátria, da sua verdadeira rota, e do seu verdadeiro caminho que é o celestial. Esta tal teologia do domínio está impondo aos cristãos uma certa agenda que pode ter aparência superficial de ser bastante espiritual mas na verdade ela engana o povo de Deus e serve a propósitos que não vem de Jesus Cristo. Eles estão dizendo inclusive que a igreja não pode evangelizar se ela não estiver ocupando as posições de autoridade na sociedade para exercer influência sobre todos. Na verdade a palavra influência é uma suavização, um eufemismo, a palavra certa é que domínio, que a igreja agora tem uma sede enorme pelo poder terreno e quer dominar sobre os outros povos inclusive usando as leis da nação para impor obrigatoriamente a todos que sigam aquilo que eles erroneamente entendem como a "moral cristã".

Isso é ignorar o fato de que a Igreja Primitiva não tinha nenhum apoio do Império Romano, o maior império da época e um dos maiores senão for o maior da história, eles também não eram ricos, e nem mesmo tinham apoio dos judeus, que eram uma das maiores potências religiosas daqueles dias, e mesmo assim bastou-lhes o poder do Espírito Santo para pregar o verdadeiro evangelho da cruz e do sangue de Jesus Cristo.

A teologia do domínio é uma utopia, uma crença de que este mundo pode e deve ser conquistado por Cristo através de ações militantes e ativismo da igreja cristã. Nos seus ensinos estão incluído que a tarefa da igreja é tomar conta do mundo num sentido político, talvez se necessário num sentido militar também, e então impor regras bíblicas a todos. Eles pensam que Cristo não voltará até que a igreja tenha se levantado e tomado domínio sobre todos os governos do mundo e instituições. Tal ideal explica a sede por poder terreno, político e financeiro de diversos líderes religiosos. Eles querem dominar o mundo, a verdade é essa, porém eles usam o nome de Jesus apenas como um pretexto pois esta não foi a ordem de Jesus Cristo.

Históricamente a teologia do dominio surge sempre que a igreja cristã entra em aliança com o poder político. A igreja não foi chamada para fazer parte de todo este jogo de poder, ela não pertence a este mundo. A aliança com um sistema anticristão mundial sempre guiou a igreja a corrupção, sempre a fez perder seu poder verdadeiro, espiritual e deste modo a guiou a prostituição espiritual que nós vemos tão bem descrita na bíblia, onde diz nestes dias que a igreja se corromperia e se prostituiria com os poderes deste mundo, os governantes, e etc, cumprindo a profecia de Apocalipse 17.

Que o Senhor nos ajude a estudar este tema em concordância com o Espírito, e nos traga autoridade para estarmos livres de uma vez por todas deste feitiço.

Por Cristo

Seu servo e irmão

(...)
Share on Google Plus

Sobre Altar de Arrependimento

Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, preparar um povo para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.